pular para o conteúdo [1]

Artigos sobre Front-End e Programação web

Breve introdução a (X)HTML

| 0 Comentários

Usamos a grafia (X)HTML para fazer referência tanto à HTML quanto à XHTML. Quando dizemos que (X)HTML é uma linguagem de marcação, queremos dizer que tanto a HTML quanto a XHTML são linguagens de marcação. Para se referir apenas uma linguagem exclusivamente, usamos a notação HTML ou XHTML.
HTML é a sigla em inglês para Hyper Text Markup Language, que, traduzido para o português, significa linguagem para marcação de hipertexto. Hipertexto resumidamente é todo conteúdo inserido em um documento para a web e que tem como principal característica a possibilidade de interligar outros documentos da web. Podemos destacar os links que visitamos para navegar na Internet.

Todas linguagens de marcação da web são baseadas em SGML(acrônimo de Standard Generalized Markup Language, ou Linguagem Padronizada de Marcação Genérica). SGML é uma metalinguagem através da qual se pode definir linguagens de marcação para documentos. SGML foi usado para criar a XML (Extensible Markup Language – Linguagem de Marcação Extensível) que permite a você criar suas próprias tags e atributos para escrever seus documentos. XHTML foi criado dentro deste conceito e por isso é uma aplicação XML.
A XHTML na verdade é uma reformulação da HTML 4.0 (nossa versão atual é a 4.01). Trata-se de uma linguagem de marcação que segue regras de sintaxe muito mais rígidas que as regras para HTML. Uma grande vantagem da XHTML sobre a HTML é de ser interpretada por qualquer dispositivo, independente da plataforma utilizada, por sua marcação ter sentido semântico. O HTML não consegue está implementação.

Diferença de marcação e programação

Com certeza quem é da área de Web já ouviu alguém falar “sou programador (X)HTML”, “Tem que fazer a programação em (X)HTML” e por aí vai. Na verdade escrever desenvolver em (X)HTML nada tem a ver com programar. Programar é algo muito mais complexo, capazes de fazer comparação ente valores, realizar tomadas de decisão, consultar um banco de dados… algo impossível de se fazer com (X)HTML. Podemos citar alguns exemplos de linguagens de programação: PHP, ASP, JAVA, JavaScript, ActionScript entre outras.
Linguagens como (X)HTML e HTML são linguagens de marcação ou linguagem de publicação, que tem como principal objetivo estruturar conteúdos para serem visualizados na web. Jamais fale programar em (X)HTML.

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *.



*

Topo